DOCES DIVAGAÇÕES

Pensamentos voam e, de repente, pousam aqui.

Convivendo com grupos de WhatsApp

Após a compra do WhatsApp pelo Facebook em meados de 2014 muita coisa mudou no aplicativo. Foram incorporadas novas funcionalidades, como telefonia VoIP, inclusão de documentos e formatação de textos. A interface web chegou para o sistema iOS, a criptografia ponta-a-ponta e há grandes mudanças por vir. Contudo, muitas pessoas ainda reclamam que determinadas funcionalidades existentes em outros aplicativos similares não foram implementadas – como no Telegram, no Viber e afins. Ainda que haja pessoas a favor e outras contra tais adições (especialmente as imagens GIF), o uso do WhatsApp tornou-se massivo no Brasil.

As pessoas utilizam o WhatsApp para se comunicarem com outras pessoas em maior grau que outros aplicativos e até mesmo dispensando a utilização de ligações telefônicas (a raiz da telefonia) – mesmo considerando-se a possibilidade de envio de mensagens de áudio. Nossos círculos sociais foram incorporados à “rede social”, com a criação de grupos de conversa, onde há a figura de administradores e a capacidade de até 256 pessoas participarem. Mais comum do que se imagina é a proliferação de grupos, especialmente se a pessoa é inclusa em vários círculos sociais, como colégio, faculdade, trabalho, amigos, etc.

Grupos de WhatsApp

Considerando a figura acima, imagine que há um grupo principal criado no WhatsApp pelo usuário A, que adicionou os usuários B, C, D, E e F. Logo, temos um grupo com 6 pessoas ao todo. Ocorre que uns têm mais afinidade com outros, um pode ser namorado(a) de outro(a) e alguns só se conhecem em virtude do usuário A. Desta forma outros grupos existem, de modo a permitir que as interações específicas ocorram com a devida naturalidade e fluidez de assuntos.

O grupo inicial de 6 pessoas foi resultado de uma junção de grupos menores, em razão de pessoas serem incluídas fisicamente nos círculos sociais. Ao todo, considerando a hipótese acima, tem-se um total de 6 grupos distintos de WhatsApp, sendo que o usuário A administra e/ou participa de 3 grupos, enquanto o usuário E está presente em 5 grupos.

Percebam que estar em tantos grupos distintos e com pessoas diferentes (considerando vínculos profissionais que podem ser divergentes de vínculos familiares) gera atenção constante e dedicação (tempo), podendo até mesmo tirar o foco de nossas atribuições diárias, como estudos e/ou trabalho. Merece destaque o envio, com muita frequência, de áudios, fotos e vídeos que vão de situações divertidas a constrangedoras. Deve-se cuidar para que o tempo dedicado à participação dos grupos não impeça a execução das suas tarefas (a menos que você utilize o WhatsApp como ferramenta de trabalho). Não se sinta mal por sair de um grupo se você não tem condições de acompanhar e responder ou se não deseja estar naquele grupo (especialmente quando há pessoas inconvenientes que enviam imagens desnecessárias, ofensivas ou até mesmo que incitem práticas ilegais). Se você conversou com a pessoa e mesmo assim ela não entendeu que precisa diminuir o ritmo ou mesmo parar de enviar determinadas mensagens, saia do grupo. As pessoas precisam entender e respeitar a sua posição.

Mas há benefícios? Sim, claro que há. A comunicação pode tornar-se mais rápida, afinal você pode convidar uma grande quantidade de pessoas para sua festa de aniversário; professores podem avisar alunos quanto à marcação de aulas e responder questionamentos em época de provas; chefias podem manter um contato estreito com seus funcionários para divulgar informações; famílias podem estar mais unidas em momentos de celebrações; entre inúmeros outros. Inclusive empresas aderiram às redes para fazer divulgação e relacionarem-se com seu público (como exemplo temos as rádios, que recebem os pedidos de música via mensagem). As redes sociais existem para possibilitar maior interação entre as pessoas – o feedback é importante. O bom senso é, portanto, a peça fundamental para uma boa utilização.

Anúncios

Comente agora mesmo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 07/07/16 por em Reflexão e marcado , , , .

Navegação

%d blogueiros gostam disto: