DOCES DIVAGAÇÕES

Pensamentos voam e, de repente, pousam aqui.

Sabores: tempura

Nem tudo o que parece exótico é de fato. Uma das maiores atrações da culinária japonesa, ao lado do peixe cru, do arroz envelopado por algas e do saquê, é o tempura.  Eis que descubro, nos livros de referência, que não à toa o tempura parece criado para atrair o paladar ocidental: ele foi inventado no Ocidente, por portugueses que o divulgaram no Oriente no século XVI, tanto é que o nome vem do português tempero. (A Gourmet’s Guide – John Ayto – Oxford) A idéia de pegar peixes, frutos do mar, legumes e mergulhá-los na farinha para depois fervê-los rapidamente, é portuguesa e foi logo assimilada pelo Japão.

Assim revestidos, os alimentos estavam prontos para receber os molhos mais acentuados, como o que sugerimos nesta edição – uma mistura de shoyu, saquê, glutamato monossódico, nabo e gengibre, verdadeira festa aromática. O peixe, a lula, o camarão, os legumes como cenoura, vagem, batata-doce, abobrinha, couve-flor e berinjela, tudo estará preparado para receber esse molho marcante e, dizem alguns, afrodisíaco.

Os japoneses aprenderam a técnica da fritura rápida em farinha e acrescentaram a ela a força dos seus molhos típicos. O resultado é um dos mais internacionalizáveis sabores japoneses. Segue, portanto, uma receita prática e infalível!

– Receita de tempura

3 xícaras de farinha de trigo
1/2 litro de água filtrada
camarões e anéis de lula
legumes fatiados (vagem, cenoura, couve-flor e berinjela)

1. misture a farinha de trigo na água; 2. empane todos os legumes e as carnes com a farinha de trigo e após isto mergulhe todos na massa preparada; 3. aqueça o óleo em 180º C e coloque os empanados aos poucos, conforme o tamanho da panela até deixá-los dourar.

– Molho para acompanhamento do tempura

1 medida de shoyo
1 medida de saque
7 medidas de água filtrada
1 pedaço pequeno de gengibre ralado
1 pitada de realçador de sabor

1. leve ao fogo brando até ferver; 2. sirva com o gengibre ralado.

Matéria publicada na Avianca In Magazine, por Daniel Piza, edição 23/2011.

Anúncios

Comente agora mesmo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 20/10/11 por em Bem-Estar.
%d blogueiros gostam disto: