DOCES DIVAGAÇÕES

Pensamentos voam e, de repente, pousam aqui.

O que você quer ser quando crescer?

Quem nunca ouviu essa frase quando criança? Ou, ainda, quem nunca teve de dissertar sobre esse assunto (aos meros 11 anos de idade), após ser demandado(a) por aquela professora tão gentil e amável? Pois é, parece uma pergunta de simples resposta, mas não é. E, quando você pensa sobre isso, pode recorrer a diversos sítios na Internet e encontrará uma série de abordagens, das mais clássicas às mais inusitadas.

Partindo de uma observação cômica, há uma estória do Chico Bento bem divertida (segue o link para acesso aqui). Já falei anteriormente que gosto muito das estórias da empresa Maurício de Souza Produções, então não poderia deixar de citá-la aqui.

Há, também, uma abordagem mais tradicional, neste link, feita pelo criador da marcamaria, uma bonecaria contemporânea especializada em criação de bonecos personalizados e jujubentos. Resumidamente, ele aconselha a: fazer o que se ama de verdade; e nunca desistir dos sonhos. Apoio essas afirmativas: devemos, sim, fazer aquilo que nos motiva, que nos desperta, que nos cativa; e não devemos desistir dos nossos sonhos para atingir nossas metas.

Tratei num post anterior o assunto “se você pudesse mudar algo, o que seria?“, justamente porque nem sempre percebemos nossa situação atual como realmente a queremos. Mas, e quando temos a possibilidade de definir o que queremos ser ainda jovens? Percebo que é cada vez mais frequente o ingresso ao nível superior por jovens entre 16 e 17 anos. Será que eles têm maturidade suficiente para definirem, com precisão, o que realmente querem ser quando crescerem?

Acredito, sim, que algumas pessoas nascem praticamente prontas, sabendo o que cursar e exercer ao longo de sua existência. Outras, contudo, não são assim. E temo justamente pelo futuro que está reservado a essas pessoas. Para isso existe o livre arbítrio, então eu não deveria me preocupar tanto. Mesmo assim, preocupo-me. Muitas pessoas cursam qualquer graduação justamente pelo fato de adquirirem um diploma e, posteriormente, poderem prestar um concurso público e então ganhar quantias monetárias invejáveis. Estão errados em quererem o melhor para si e para sua família? Não. Mas, será que realmente exercem aquilo que pretendiam, com todo o empenho, afinco e amor? Essa eu já não posso responder.

É muito importante que os pais de hoje saibam educar seus filhos, para que eles queiram alcançar seus objetivos, fazendo o que sabem, o que gostam e o que sonharam a vida inteira. Conheço uma médica que sabia aos 4 anos de idade que atuaria nesta área, inclusive com especialidade definida. Posso dizer que ela é uma excelente profissional e que foi capaz de salvar inúmeras vidas.

Então, quando você fizer esta pergunta a alguma criança (especialmente se for o(a) seu(ua) filho(a)), escute. Preste atenção aos pequenos detalhes de cada resposta fornecida. A inocência de uma criança permite que seus ideais sejam revelados facilmente. E ajude esta criança a alcançar seus objetivos, pensando primeiramente no coração, depois no bolso. Quem sabe assim possamos ter melhores profissionais, independente da área de atuação. Caso contrário, certamente estaremos perdidos.

Anúncios

2 comentários em “O que você quer ser quando crescer?

  1. Pingback: O que você quer ser quando crescer? « Doces Divagações : Link Mundial

  2. Maurício Gomes
    24/06/11

    Muito bom esse post. Quinta-feira, estávamos eu e minha amiga Soraya debatendo acerca desse assunto. Trabalhamos em uma Instituição de Ensino Superior, e constantemente nos deparamos com “crianças” (16 e 17) ingressando no Ensino Superior cursando o que os pais querem ou apenas com a finalidade de obter um diploma para prestar um concurso público. E aquele sonho de cursar o que realmente os motivo, quase sempre é deixado de lado.

Comente agora mesmo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 24/06/11 por em Reflexão e marcado , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: