DOCES DIVAGAÇÕES

Pensamentos voam e, de repente, pousam aqui.

Calor ou frio, qual o melhor?

O conforto térmico é definido como uma condição mental que expressa satisfação com o ambiente térmico circunjacente. Portanto, ter conforto térmico significa que uma pessoa usando uma quantidade normal de roupas não sente nem frio nem calor em demasia. Mas, primeiro, o que seria usar uma quantidade normal de roupas? E, segundo, mas não menos importante, já que tratamos de processos sensoriais, o que determina a capacidade de uma pessoa de adaptar-se ao clima externo? Sensação é reação física do corpo ao mundo físico, sendo regida pelas leis da física, química, biologia, etc. que resulta na ativação das áreas primárias do córtex cerebral. Logo, não estamos falando apenas de algo mental, mas também de algo físico, químico e biológico.

Há pessoas [como eu] que possuem extrema tolerância ao frio. Assim são chamados os crimófilos, pois se dão bem em países frios. Para o antônimo, temos os crimófobos. Conceituação simples, mas de entendimento relativamente complexo. Refiro-me exclusivamente ao fato de diferentes pessoas terem reações diferentes a ambientes extremamente frios e/ou extremamente quentes. Enquanto alguns praticamente transformam-se em puro líquido, por meio do suor, outros fazem, literalmente, cara de paisagem, como se nada os afetasse. A estrutura biológica dos seres define, então, o quanto uma pessoa pode sentir de calor e/ou de frio, suportando-o até que seu cérebro seja avisado da mudança climática.

Por não sentir tão facilmente o frio, é inegável que gosto deste clima. Há diversas opções de vestimentas quando estamos sob temperaturas baixas. Meias grossas, sapatos e/ou botas confortáveis, calças dos mais diferentes tecidos, camisas de manga comprida, jaquetas e moletons, além dos tradicionais gorros e luvas. Pela descrição você até pode pensar que retratei o continente europeu, mas, acredite, refiro-me a algumas cidades brasileiras, como: Curitiba, Porto Alegre, Gramado, Florianópólis, Belo Horizonte, São Paulo e Brasília. Até a cidade em que resido tem feito frio de cortar o queixo. Não sinto tanto, mas algumas pessoas chegam a nos assustar pelas vestimentas.

Portanto, há limites. Assim como não é possível andar completamente despido quando o calor é extremo [ainda que a vontade seja extrema], não podemos nos dar ao luxo de utilizar determinadas peças de roupas quando o frio aparece. Saiba o que vestir, para que você não pareça nem o Bozo, nem a Bruxa Morgana do Castelo Rá-tim-bum. Caso isso ocorra, por favor, peço gentilmente, retire as roupas do armário e lave-as muito bem, colocando preferencialmente por um bom tempo no sol antes de usá-las. Ninguém precisa sentir cheiro de mofo às 07:00 horas no elevador do trabalho – muito menos de naftalina. Isso também serve para certos perfumes que algumas pessoas teimam em usar durante épocas frias. É natural, pela temperatura ambiente, que as fragrâncias ficam destacadas e mais presentes. Entretanto, ninguém merece contrair uma cefaleia logo cedo, especialmente se for no referido elevador às 07:00 horas.

Para os homens, é extremamente complicado levantar cedo, sair da cama quentinha, adentrar o banheiro gelado e ter de fazer a barba. A solução é aguardar um pouco, com todas as saídas de ventilação fechadas, até que haja vapor suficiente para aquecer o corpo. Já para as mulheres, o frio vem após o banho, momento em que passar os mais diversos cremes parece durar uma eternidade. Já no calor, a barba é facilmente feita, mas pode deixar a pele avermelhada. Para as mulheres, a transpiração em demasia evita que os cremes tenham aderência na pele.

O que fazer, então? A primeira medida, independente da temperatura ambiente, é beber bastante líquidos, em especial a água. Com o corpo hidratado evitamos que haja mudanças corpóreas oriundas das alterações climáticas. Depois, use roupas que o(a) deixem confortável e leve consigo um casaco, para o caso da temperatura diminuir. Por último, conheça seu corpo e saiba interpretar suas reações durante mudanças climáticas. Fazendo isso você estará preparado para passar por um deserto sem problemas, tanto à noite, quanto de dia.

Anúncios

Comente agora mesmo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 24/05/11 por em Humor e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: