DOCES DIVAGAÇÕES

Pensamentos voam e, de repente, pousam aqui.

Uma agenda apertada para si mesmo

O dia começa e Tiago percebe que será mais um pesado dia de trabalho. Após tomar um banho e arrumar-se, aproveita um bom café da manhã, enquanto assiste ao noticiário na televisão. Após pegar um engarrafamento tremendo, digno das grandes cidades, Tiago inicia suas atividades laborais, com um leve sentimento de que o dia será bom.

Reuniões extensas, telefonemas complicados e correspondências eletrônicas de arrepiar os cabelos já fazem parte da rotina desse empresário. E a senhorita que serve o café sabe bem o quanto suas térmicas gigantescas são bem-vindas durante o dia. De repente, uma ligação. Tiago não esperava um telefonema da pessoa que estava ligando para ele.

Senta-se imediatamente para atender, tamanha surpresa. Após breves cumprimentos iniciais percebe uma leve sudorese em suas mãos. Se vê animado com a possibilidade de encontrar, novamente, com uma das grandes paixões de sua vida. Antes de desligar o telefone, combina com Helena uma noite de reencontro, para conversarem e discutirem, com mais calma, como andam suas vidas. Tiago não esconde a euforia que, de alguma forma, estava contida em seu ser e começa a pular de alegria em sua sala.

Findo o expediente, segue felizardo para casa, esperançoso com a possibilidade de revê-la, mais uma vez. Não esconde, ao menos para si mesmo, a ânsia e o desejo de flertar, mais uma vez, com aquela mulher que um dia o fez feliz. Ao chegar em casa toma um bom banho, escolhe uma de suas melhores roupas, passa aquele perfume especial. Espera, ansiosamente, pela ligação que o avisará para onde deverá ir. No entanto, essa ligação não ocorre… o telefone fica silencioso, mudo, praticamente morto. Checa as últimas ligações e não vê, naquela lista, o nome de sua amada. Terá sido uma ilusão? Um devaneio de sua mente saudosista? Ninguém poderá dizer.

Muitos buscam pela oportunidade de um dia rever um grande amor. Muitos mais acreditam na possibilidade de conhecer – e principalmente ter – um grande amor. Contudo, nada acontece por acaso. E não podemos sobrecarregar o destino com nossos anseios. Temos que ajudá-lo, de alguma forma, para que possamos atingir nossos objetivos.

Há que se ter força para progredir nos vários aspectos da vida (profissional, amoroso, material ou espiritual). E, assim, há que se ter planejamento de nossas ações. Tenha tempo para si mesmo. Tenha tempo para cuidar de si: refletir e identificar o que lhe faz bem. Não deixe que a rotina lhe impeça de prestar atenção ao que seu corpo quer ou ao que sua mente deseja. Saiba reconhecer suas vontades para, então, satisfazê-las. E, assim, dias melhores virão.

Anúncios

Um comentário em “Uma agenda apertada para si mesmo

  1. Maurício Gomes
    19/03/11

    Temos que aproveitar ao máximo essa breve passagem na terra. É importante viver bem cada dia, sempre com responsabilidade e sem prejudicar o próximo.

Comente agora mesmo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 19/03/11 por em Reflexão e marcado .
%d blogueiros gostam disto: